quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Joana em viagem (5): Sestriere e Turim

Hoje, já em território italiano, trago-vos as recordações de Sestriere e Turim
Primeiro visitámos Sestriere, onde podemos ver várias memórias dos Jogos Olímpicos de Inverno de Turim. A vila em si é simples, só com uma rua principal mas como várias montanhas e teleféricos que no Inverno são excelentes para os fãs de Ski. Agora no Verão estava tudo muito calmo e com poucas pessoas.




Seguindo para Turim, demos de caras com uma cidade cheia de monumentos. No entanto, grande parte estavam fechados e só os pudemos ver de fora. 
A Piazza Castello é o centro de tudo e é também onde se situa o Museu de Turim. Ao lado fica a via Garibaldi, a rua com mais comércio da cidade.




Tal como disse, a maioria dos monumentos estavam fechados. Existem imensas igrejas em Turim e não consegui ver o interior de nenhuma, mas por fora são realmente belas obras de arte.



Sabem o que não pode faltar em Itália? Gelados artesanais, focaccias e principalmente pizza, que foi o nosso almoço. Para vos deixar com água na boca, deixo aqui uma imagem da minha 4 formaggio.


Ao final da tarde o tempo mudou e começou a chover, por isso terminámos a visita a Turim na Mole Antonelliana: um edifício antigo, construído em 1863, e extremamente alto - ao ponto de eu não conseguir tirar uma única fotografia - que é o ícone de Turim. Há um elevador que sobe ao topo, onde podemos ver Turim tal como os pássaros vêem a cidade.


Mas a Mole Antonelliana não é só famosa pela sua vista ou pela construção em si. Sabem o que é que se situa dentro do edifício? O Museu Nacional do Cinema! Claro que vou falar sobre isso, até porque tem tudo a ver com o que costumo publicar aqui no blogue, mas só daqui a uns dias, porque é algo que merece uma publicação muito especial! 
Por agora ficamos por aqui! Espero que tenham gostado de ver a minha viagem. Mais logo sai uma crítica a um filme, porque já tenho saudades de escrever essas coisas! 😄

11 comentários:

  1. Que lindo! :)
    Um beijinho,
    http://myheartaintabrain.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. É uma pena que a maior parte dos monumentos estivesse fechada :/
    Adorei acompanhar a tua viagem!

    r: É mesmo. Por mais vezes que lá vá, rendo-me sempre à sua beleza *.*

    É uma autentica perdição. Como referi, desconhecia por completo a existência daquele bolo e agora não vejo a hora de voltar a comer outro ahahah
    As fotos dos gatos são em Bragança. A gata branca é do meu primo, os outros são amigos, que aparecem lá por casa.

    O Parque Biológico não cheguei a visitar, mas fiquei com pena. Quando regressei das férias, fui procurar informações/fotografias e fiquei encantada. Um dia que regresse, tenho que ir lá obrigatoriamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi mesmo uma pena, porque eu adoro visitar os monumentos!

      Eliminar
  3. r: Nunca acampei, confesso que não é das coisas que mais me atrai fazer, mas acredito que seja uma experiência incrível, sobretudo se for num lugar tão interessante :)

    ResponderEliminar
  4. Itália é um país lindíssimo! Fiz erasmus em Turim e gostei muito do tempo que estive por lá. O museu nacional do cinema é um estrondo (visitei-o várias vezes).
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Tão lindo! Quero tanto visitar Itália é um dos meus sonhos.
    r: sem dúvida que a pessoa que mais admiro é a minha mãe

    ResponderEliminar
  6. Adorei estes posts sobre a tua viagem! 😍 As imagens ficaram lindas! E por acaso até acho mais bonito para visitar e passear nesse tipo de sítios (refiro-me ao Sestriere) em épocas em que não cai neve, especialmente na primavera. Fui à Serra da Estrela este ano nessa altura e estava tudo florido e lindo, com uma paisagem de imensas cores! 😍

    A Rapariga Eclética

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu só vi neve uma vez, mas tenho sempre curiosidade em ver este tipo de sítios cobertos de neve! :)

      Eliminar

Todos os comentários, opiniões e sugestões são bem vindos e ajudam-me a melhorar o que por aqui escrevo. Se forem novos seguidores do blogue, peço que me informem! Muito obrigada!